AS SÓCIAS

12.2 Fala, Preta_Barbara Barbosa_Foto.jp
Barbara Barbosa

Mulher preta, 34 anos, feminista socialista, casada, ativista das pautas raciais, educacionais e de classe. Formada em secretariado executivo, pós-graduada em gestão de pessoas. Faz parte de um coletivo de mulheres que trabalham com textos, tem dois gatos e está em constante construção.

“A gente não nasce negro, a gente se torna negro. É uma conquista dura, cruel e que se desenvolve pela vida da gente a fora [...]”. – Lélia González

camila de luca
Mulher com deficiência, feminista e criadora de conteúdo digital, começou o Além da Cadeira com um canal no Youtube falando sobre sua vida como cadeirante. Sua maior frustração sempre foi a falta de união entre as pautas sociais, que quase sempre deixavam de fora as pessoas com deficiência, por isso, sentiu a necessidade de criar um espaço de unidade para todas as pessoas que lutam por igualdade, justiça e direitos sociais.
 ”quem, melhor que os oprimidos, se encontrará preparado para entender o significado terrível de uma sociedade opressora? Quem sentirá, melhor que eles, os efeitos da opressão? Quem, mais que eles, para ir compreendendo a necessidade da libertação?" - Paulo freire, pedagodia do oprimido 
foto camila.jpg